InicioViagensEuropaChania, a beleza banhada a azul-turquesa

Chania, a beleza banhada a azul-turquesa

ViagensEuropaChania, a beleza banhada a azul-turquesa

|

|

|

Chegámos a Chania com o dia a clarear. Ler que Chania é a mais linda cidade de Creta, não nos prepara para a visão luminosa que o seu porto veneziano nos oferece. Nós, ensonados e cansados depois da noite no Ferry, mal conseguimos elevar o pensamento além do frappé que bebericamos.

É cedo, dormimos mal, mas o calor com que o sol nos brinda aquece-nos a alma e dá energia para continuar e caminhar mais um pouco…

Somos abraçados carinhosamente por um céu azul-turquesa que se reflete nas águas tranquilas do porto.

A cidade esteve durante um largo período sob o domínio e influência de Veneza, que, durante, séculos controlou o comércio do mediterrâneo, tendo, inclusive, sido um dos estados mais ricos da Europa.

Porto Veneziano de Chania
Porto Veneziano de Chania

O farol é omnipresente e acompanha-nos a cada passada. Apesar de estar umbilicalmente ligado ao porto veneziano, o farol só foi contruído durante a ocupação egípcia da ilha, no Séc. XIX.

Chania foi, desde sempre, objeto da cobiça de muitos. Hitler consciente da posição estratégica que representava a ilha de Creta, a 20 de maio de 1941, lança a operação mercúrio, com 23 mil homens e com o objetivo de controlar a ilha. Apesar da bravura, as forças aliadas não conseguiram travar a poderosa Wehrmacht e a ilha sucumbiu aos pés dos invasores nazis.

A cidade de Chania foi destruída quase na totalidade pelos bombardeamentos da Wehrmacht e a reconstrução posterior apagou para sempre grande parte dos vestígios das antigas civilizações que, ao longo dos milénios, floresceram aqui, banhadas pelo Mediterrâneo.

Sentados, olhamos o mar azul que se estende para além do que a vista alcança. Estamos na maior ilha grega, estamos na terra de Elefthérios Venizélos, para muitos, o pai da Grécia moderna.

A Mesquita Küçük Hasan Paşa,
A Mesquita Küçük Hasan Paşa,

os meus trilhoshttps://osmeustrilhos.pt
Somos uma família apaixonada… apaixonada pelo mundo e pelas viagens, sejam elas curtas ou longas. Mas a maior das viagem começou há pouco, quando à equipa se juntou o pequeno Simão. Durante uma parte do ano vestimos as capas de dois burocratas do funcionalismo público, na outra, metemos a mochila às costas, pegamos no Simão, e vamos por aí… ver com outros olhos, conhecer o mundo, conhecendo-nos cada vez mais a nós próprios. Adoramos grandes aventuras por lugares longínquos, mas também gostamos de pegar no carro e andar por aí, sem destino. E porque a viagem não acaba nunca, como dizia Saramago, depois da viagem passamos tudo para aqui: textos, fotos, vivência, enfim… a nossa viagem! Um pouco de tudo num blog que é da Guarda para o mundo! Tudo sobre nós >>>

1 COMENTÁRIO

  1. Sérgio parabéns pela belíssima imagem do Porto Veneziano de Chania. Enquadramento maravilhoso, cores e linhas perfeitas! As viagens proporcionam-nos destas coisas, oportunidades únicas de fazer registos assim * Beijinhos

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Somos uma família apaixonada… apaixonada pelo mundo e pelas viagens, sejam elas curtas ou longas. Mas a maior das viagem começou há pouco, quando à equipa se juntou o pequeno Simão. Durante uma parte do ano vestimos as capas de dois burocratas do funcionalismo público, na outra, metemos a mochila às costas, pegamos no Simão, e vamos por aí… ver com outros olhos, conhecer o mundo, conhecendo-nos cada vez mais a nós próprios. Adoramos grandes aventuras por lugares longínquos, mas também gostamos de pegar no carro e andar por aí, sem destino. E porque a viagem não acaba nunca, como dizia Saramago, depois da viagem passamos tudo para aqui: textos, fotos, vivência, enfim… a nossa viagem! Um pouco de tudo num blog que é da Guarda para o mundo! Tudo sobre nós >>>

Must Read