InícioPortugalAveiroPassadiços da Barrinha de Esmoriz

Passadiços da Barrinha de Esmoriz

PortugalAveiroPassadiços da Barrinha de Esmoriz

|

|

|

Em plena reserva natural da Barrinha de Esmoriz (Ovar) uma rede de passadiços convida o viajante ou veraneante a percorrer trilhos entre lagoas. Convida-nos a sair do bulício da cidade, a parar e apreciar a fauna e flora.

Passadiços da Barrinha de Esmoriz, em Aveiro
Ponte pedonal, um dos ex libris dos passadiços da Barrinha de Esmoriz

Há muitos passadiços ao longo de todo o nosso país. Os mais famosos são, sem dúvida, os passadiços do Paiva, mas há muito mais. Já ouviram falar, por exemplo, nos Passadiços do Alamal? É uma espécie de paraíso à beira Tejo ou os do Orvalho, em Oleiros? e mais a sul, os Passadiços do Alvor? Não se vão arrepender.

Mas hoje viemos até Esmoriz, no concelho de Ovar, para um passeio de fim de tarde, com a brisa marítima a dar-nos na cara. E que bela maneira de terminar um dia em cheio.

Passadiços de Esmoriz
Os patos bravos são uma das muitas espécies que podemos observar na Lagoa de Paramos

Os Passadiços da Barrinha de Esmoriz revelam, como se diz por lá, um tesouro natural que estava adormecido. Durante anos a barrinha foi uma espécie de depósito de desperdícios de diversas fábricas que laboravam nas redondezas.

Agora, recuperado o espaço natural, a Barrinha ganhou nova vida. Há muitos quilómetros para percorrer entre canaviais e fauna importante para observar como a garça-real, o lagostim vermelho, o rouxinol bravo, a lampreia-de-riacho, entre outras espécies que andam na água e no ar.

Entre veraneantes e desportistas de final de tarde, vamos percorrendo os 8 quilómetros de passadiços à volta da Lagoa de Paramos. Um pouco antes da peculiar ponte de madeira, encontramos uma área reservada à observação de aves. Passamos um bom bocado a observar os patos, indiferentes aos mirones que se escondem em dissimuladas casas de madeira.

Esmoriz

Enquanto subimos a pontes, passam por nós alguns ciclistas. As pessoas aproveitam o ponto mais elevado para as selfies da praxe. Continuamos até à orla marítima. Começa a fazer frio, um frio típico da beira mar a norte do país. As ondas batem nas dunas de areia branca. Pequenos lagoachos albergam algumas colónias de aves que se divertam ao final da tarde.

O percurso de regresso faz-se pela zona norte da barrinha, numa zona mais recatada, com menos caminhantes e literalmente no meio do canavial.

passadiços esmoriz osmeustrilhos-21

O percurso é circular. Embora possamos começar o percurso em diversos sítios ao longo dos 8km, já que existem diversas entradas, sugerimos a entrada mais a sul, junto ao campo de futebol de Esmoriz, onde existe um gigantesco parque de estacionamento. Aqui, no início do percurso, podemos recolher alguma informação sobre esta zona nobre para caminhadas acessíveis.

Esperamos que este nosso post e descrição vos inspire a calçar as botas e rumar a Esmoriz para um pequeno percurso em mais um belíssimo passadiço, desta feita, entre dunas e canaviais que se estendem até ao mar.

passadiços esmoriz osmeustrilhos


Veja o filme da nossa caminhada pelos Passadiços da Barrinha de Esmoriz


os meus trilhos
os meus trilhoshttps://osmeustrilhos.pt
Somos uma família apaixonada… apaixonada pelo mundo e pelas viagens, sejam elas curtas ou longas. Mas a maior das viagem começou há pouco, quando à equipa se juntou o pequeno Simão. Durante uma parte do ano vestimos as capas de dois burocratas do funcionalismo público, na outra, metemos a mochila às costas, pegamos no Simão, e vamos por aí… ver com outros olhos, conhecer o mundo, conhecendo-nos cada vez mais a nós próprios. Adoramos grandes aventuras por lugares longínquos, mas também gostamos de pegar no carro e andar por aí, sem destino. E porque a viagem não acaba nunca, como dizia Saramago, depois da viagem passamos tudo para aqui: textos, fotos, vivência, enfim… a nossa viagem! Um pouco de tudo num blog que é da Guarda para o mundo! Tudo sobre nós >>>

1 COMENTÁRIO

  1. cuidado… eu sou um cliente frequente e não recomendo tão facilmente!
    ainda ontem, 6/7/2021 a descarga para o mar (de agua pouquíssimo recomendada) foi total, e novamente a barrinha foi fechada para que a fossa agora no verão, não desague no mar como normalmente acontece!
    Vamos ver quanto tempo demora a encher até á proxima descarga (noturna)!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

os meus trilhos
Somos uma família apaixonada… apaixonada pelo mundo e pelas viagens, sejam elas curtas ou longas. Mas a maior das viagem começou há pouco, quando à equipa se juntou o pequeno Simão. Durante uma parte do ano vestimos as capas de dois burocratas do funcionalismo público, na outra, metemos a mochila às costas, pegamos no Simão, e vamos por aí… ver com outros olhos, conhecer o mundo, conhecendo-nos cada vez mais a nós próprios. Adoramos grandes aventuras por lugares longínquos, mas também gostamos de pegar no carro e andar por aí, sem destino. E porque a viagem não acaba nunca, como dizia Saramago, depois da viagem passamos tudo para aqui: textos, fotos, vivência, enfim… a nossa viagem! Um pouco de tudo num blog que é da Guarda para o mundo! Tudo sobre nós >>>

Must Read