InícioPercursos PedestresPR3 - Rota de Corvos (Viseu)

PR3 – Rota de Corvos (Viseu)

Percursos PedestresPR3 - Rota de Corvos (Viseu)

|

|

|

Distância: 4,6 km
Tipo de percurso: Circular
Desnível: 280m
Dificuldade: Baixo
Localização: Corvos-à-Nogueira, Viseu (ver mapa)

Bem junto à cidade de Viseu, num vale formado pelo rio Sátão, foi recentemente marcado o PR-3 Rota de Corvos. Este percurso faz parte da Rede de Percursos Pedestres do concelho de Viseu.

Há anos que não passava por aqui… tudo parece mais pequeno, agora que vi o mundo! Nas estradas parece impossível passar o gigante autocarro que me levava até Viseu.

Entretido nestas lembranças descemos em direcção ao rio Sátão, agora, no início do Outono, a correr mais forte. Entre caminhos rurais surgem os primeiros sinais do Outono. Os amanita muscaria, as vinhas despidas das uvas, os tons avermelhados das folhas, as abóboras estendidas no manto verde…

Cruzando os campos e o centro da aldeia, descemos à praia fluvial e depois subimos até ao alto do adro da Igreja de Nª Srª de Lurdes, com uma bela panorâmica sobre a aldeia de Corvos. Agora, circulamos em “zigue-zague” pela aldeia. Paramos em frente da Casa do Eirado, um belo exemplar do Séc. XVIII, infelizmente ao mau estado de conservação. Bebemos água da Fonte das Três Bicas e parecemos rejuvenescer com estas águas que ao longo dos tempos têm ganho fama de medicinais.

Voltamos a entrar na zona rural, ladeados por campos verdes, divididos a meio por estacadas de vinha e castanheiros gigantes.Descemos, agora, a antiga estrada romana (placard informativo), já na recta final. Fazemos as ultimas contas da cache enigma do Geocaching  e, de repente, estamos de volta ao ponto de chegada. Mais leves… mas felizes…

GPS: download

PERFIL DE ALTIMETRIA: ver

MAPA: ver

PLACARD INFORMATIVO: 123

MAIS INFORMAÇÕES: http://viseumais.com/viseu/?p=12081

os meus trilhos
os meus trilhoshttps://osmeustrilhos.pt
Somos uma família apaixonada… apaixonada pelo mundo e pelas viagens, sejam elas curtas ou longas. Mas a maior das viagem começou há pouco, quando à equipa se juntou o pequeno Simão. Durante uma parte do ano vestimos as capas de dois burocratas do funcionalismo público, na outra, metemos a mochila às costas, pegamos no Simão, e vamos por aí… ver com outros olhos, conhecer o mundo, conhecendo-nos cada vez mais a nós próprios. Adoramos grandes aventuras por lugares longínquos, mas também gostamos de pegar no carro e andar por aí, sem destino. E porque a viagem não acaba nunca, como dizia Saramago, depois da viagem passamos tudo para aqui: textos, fotos, vivência, enfim… a nossa viagem! Um pouco de tudo num blog que é da Guarda para o mundo! Tudo sobre nós >>>

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

os meus trilhos
Somos uma família apaixonada… apaixonada pelo mundo e pelas viagens, sejam elas curtas ou longas. Mas a maior das viagem começou há pouco, quando à equipa se juntou o pequeno Simão. Durante uma parte do ano vestimos as capas de dois burocratas do funcionalismo público, na outra, metemos a mochila às costas, pegamos no Simão, e vamos por aí… ver com outros olhos, conhecer o mundo, conhecendo-nos cada vez mais a nós próprios. Adoramos grandes aventuras por lugares longínquos, mas também gostamos de pegar no carro e andar por aí, sem destino. E porque a viagem não acaba nunca, como dizia Saramago, depois da viagem passamos tudo para aqui: textos, fotos, vivência, enfim… a nossa viagem! Um pouco de tudo num blog que é da Guarda para o mundo! Tudo sobre nós >>>

Must Read