InícioHistóriaNecrópole Megalítica de Lameira de Cima, em Penedono

Necrópole Megalítica de Lameira de Cima, em Penedono

HistóriaNecrópole Megalítica de Lameira de Cima, em Penedono

|

|

|

A seguir a aldeia de Antas, como quem vem de Sernancelhe em direção à cidade da Mêda, mesmo antes de chegar ao limite do concelho, viramos à esquerda numa estradita estreita. A placa, em tons acastanhados, despertou-nos da sonolência provocada por estes dias solarengos de primavera.

Lia-se na placa: Necrópole Megalítica de Lameira de Cima.

A uns 1500 metros da estrada principal, através de um caminho que foi recentemente arranjado para o efeito, existe um descampado. Várias rochas alinhadas anunciam a necrópole.  A Necrópole Megalítica de Lameira de Cima é um conjunto de dois monumentos funerários pré-históricos, provavelmente datados dos finais do IV/ III milénio a.C.

– O dólmen que vemos na foto é um magnífico monumento megalítico de corredor. Possui uma mamoa bem conservada e a câmara é poligonal com sete esteios.

Necrópole Megalítica de Lameira de Cima, Penedono-2

Além deste, existe um Dólmen mais pequeno com câmara poligonal, composto por sete esteios sobrepostos à laje central.

Necrópole Megalítica de Lameira de Cima, Penedono-1-2

Localização da Necrópole Megalítica de Lameira de Cima

A Necrópole Megalítica de Lameira de Cima situa-se no concelho de Penedono, a cerca de 10km daquela vila do distrito de Viseu. Para ver a localização exata, abra o link no google maps, ou copie as seguintes coordenadas para o seu GPS: 40.9359167, -7.3489517

os meus trilhos
os meus trilhoshttps://osmeustrilhos.pt
Somos uma família apaixonada… apaixonada pelo mundo e pelas viagens, sejam elas curtas ou longas. Mas a maior das viagem começou há pouco, quando à equipa se juntou o pequeno Simão. Durante uma parte do ano vestimos as capas de dois burocratas do funcionalismo público, na outra, metemos a mochila às costas, pegamos no Simão, e vamos por aí… ver com outros olhos, conhecer o mundo, conhecendo-nos cada vez mais a nós próprios. Adoramos grandes aventuras por lugares longínquos, mas também gostamos de pegar no carro e andar por aí, sem destino. E porque a viagem não acaba nunca, como dizia Saramago, depois da viagem passamos tudo para aqui: textos, fotos, vivência, enfim… a nossa viagem! Um pouco de tudo num blog que é da Guarda para o mundo! Tudo sobre nós >>>

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

os meus trilhos
Somos uma família apaixonada… apaixonada pelo mundo e pelas viagens, sejam elas curtas ou longas. Mas a maior das viagem começou há pouco, quando à equipa se juntou o pequeno Simão. Durante uma parte do ano vestimos as capas de dois burocratas do funcionalismo público, na outra, metemos a mochila às costas, pegamos no Simão, e vamos por aí… ver com outros olhos, conhecer o mundo, conhecendo-nos cada vez mais a nós próprios. Adoramos grandes aventuras por lugares longínquos, mas também gostamos de pegar no carro e andar por aí, sem destino. E porque a viagem não acaba nunca, como dizia Saramago, depois da viagem passamos tudo para aqui: textos, fotos, vivência, enfim… a nossa viagem! Um pouco de tudo num blog que é da Guarda para o mundo! Tudo sobre nós >>>

Must Read