InícioEuropaAlemanhaO muro de Berlim, ontem e hoje!

O muro de Berlim, ontem e hoje!

EuropaAlemanhaO muro de Berlim, ontem e hoje!

|

|

|

Lembro-me da queda do muro. Era pequeno, é verdade. Mas lembro-me como se fosse hoje. O telejornal do Canal 1 abriu com imagens de gente em euforia, encavalitados no muro de escopo e martelo. Tinha caído o muro, 28 anos depois. Com 8 anos, todo este corrupio me era completamente alheio. Vim, anos mais tarde, a compreender a importância daquele momento.

Muro de Berlim

Hoje, este muro, cujas marcas estão bem à minha frente, envergonha-me enquanto europeu, enquanto defensor da liberdade e dignidade de todos os seres humanos. Há 25 anos atrás eu ainda brincava nas serranias beirãs. Portugal já fazia parte dessa promissora união de países europeus. Mas milhares de europeus viviam divididos. Divididos por uma ideologia, divididos por um muro.

bligo-MuroBerlim
Esquema do Muro de Berlim

Mas a história começa muito antes… No dia 13 de agosto de 1961, pela calada da noite, brigadas populares e guardas da RDA bloqueiam todas as entradas do setor Russo de Berlim, ao longo de mais de 150 km. A população acorda rodeada de um muro. Um muro que lhes mudaria a vida. Um muro que separou famílias, separou ilusões. Nasceu o muro da vergonha.

Para grandes males, grandes remédio, a RDA, no sentido de pôr termo à constante fuga dos habitantes de Berlim oriental para os setores britânico, francês e americano, decide aplicar a derradeira medida… o bloqueio.

Hoje, ainda há partes desse muro físico à volta de Berlim. Uma das mais interessantes situa-se na rua Mühlenstraße em Friedrichshain-Kreuzberg, ao longo das margens do rio Spree. A East Side Gallery, com 1.316 metros, esta galeria a céu aberto. Mais de 100 pinturas de artistas de vários pontos do planeta dão uma tonalidade mais colorida a esta mancha que não passa indelével na história de Berlim e da Humanidade.

Para espairecer, compramos umas cervejas alemãs numa loginha da esquina. Deitámos-nos na relva e bebericando fizemos como vimos fazer… nada! Um dolce fare niente à maneira italiana, mas como uma cerveja na mão.

IMG_0386.jpg

Cai o dia, sobre Berlim e os alemães preparam-se para o regresso a casa. Amanhã é outro dia de trabalho…

Galeria de Fotografias

(Algumas destas fotos foram tiradas em 2008. Depois disso esta parte do muro foi novamente pintada. Logo, poder-se-ão ver algumas diferenças entre o original e a versão atual das pinturas.)

Para saber mais:

[box]

East Side Gallery

Preço: Grátis

Endereço: Mühlenstraße 1 – Friedrichshain, 10243 Berlim

Como Chegar:
S-Bahn: Linhas S5, S7, S75, estação Warschauer Str.
U-Bahn: Linha U1, estação Warschauer Str.

[/box]

os meus trilhos
os meus trilhoshttps://osmeustrilhos.pt
Somos uma família apaixonada… apaixonada pelo mundo e pelas viagens, sejam elas curtas ou longas. Mas a maior das viagem começou há pouco, quando à equipa se juntou o pequeno Simão. Durante uma parte do ano vestimos as capas de dois burocratas do funcionalismo público, na outra, metemos a mochila às costas, pegamos no Simão, e vamos por aí… ver com outros olhos, conhecer o mundo, conhecendo-nos cada vez mais a nós próprios. Adoramos grandes aventuras por lugares longínquos, mas também gostamos de pegar no carro e andar por aí, sem destino. E porque a viagem não acaba nunca, como dizia Saramago, depois da viagem passamos tudo para aqui: textos, fotos, vivência, enfim… a nossa viagem! Um pouco de tudo num blog que é da Guarda para o mundo! Tudo sobre nós >>>

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

os meus trilhos
Somos uma família apaixonada… apaixonada pelo mundo e pelas viagens, sejam elas curtas ou longas. Mas a maior das viagem começou há pouco, quando à equipa se juntou o pequeno Simão. Durante uma parte do ano vestimos as capas de dois burocratas do funcionalismo público, na outra, metemos a mochila às costas, pegamos no Simão, e vamos por aí… ver com outros olhos, conhecer o mundo, conhecendo-nos cada vez mais a nós próprios. Adoramos grandes aventuras por lugares longínquos, mas também gostamos de pegar no carro e andar por aí, sem destino. E porque a viagem não acaba nunca, como dizia Saramago, depois da viagem passamos tudo para aqui: textos, fotos, vivência, enfim… a nossa viagem! Um pouco de tudo num blog que é da Guarda para o mundo! Tudo sobre nós >>>

Must Read