InícioViagensAsiaDamnoen Saduak (Floating Market - Thailand)

Damnoen Saduak (Floating Market – Thailand)

ViagensAsiaDamnoen Saduak (Floating Market - Thailand)

|

|

|

Se há imagens da Tailandia que correm mundo e que qualquer um de nós as reconhecia, essas são as do mercado flutuante de Damnoen Saduak.

Este é daqueles sítios turísticos, mas inesqueciveis…

Os quase 40 graus que se faziam sentir, tornava insuportavel a centena de km que separa Bangkok deste emaranhado de canais, de cheiros, cores, pessoas, hábitos e culturas. O taxi do A’tee, o amigo taxista que acompanhou esta aventura, sulcava o asfalto, parando de quando em vez para se abastecer, umas vezes de combustivel, outras de águas.

Arrastado pela paisagem e pelo calor, vagueio por entre coqueiros, bananeiras, mosquitos e elefantes e desemboco num estalar de sensações virgens… com cheiros de arroz fumegante e temperos cujos aromas desconheço.

img_0592

img_0595

img_0636

img_0649

img_0662

img_0674

img_0688

img_0694

img_0704

img_0710

img_0718

img_0720

img_0736

img_0750

Informações práticas:

– Do centro de Bangkok até ao mercado ão cerca de 2 horas de viagem. Embora haja autocarros, se tiver possibilidade de juntar um pequeno grupo, negoceie um preço com o taxista, já que existe outras “atracções” nos arredores do mercado flutuante.

– Não alugue o barco à entrada do mercado, vá a pé até ao centro e se assim o entender alugue-o aqui e deleite-se um pouco pelos canais.

– O calor é, por vezes, insuportável. Verifique se leva líquidos suficientes.

Consulte aqui a localização:
Ver mapa maior

os meus trilhos
os meus trilhoshttps://osmeustrilhos.pt
Somos uma família apaixonada… apaixonada pelo mundo e pelas viagens, sejam elas curtas ou longas. Mas a maior das viagem começou há pouco, quando à equipa se juntou o pequeno Simão. Durante uma parte do ano vestimos as capas de dois burocratas do funcionalismo público, na outra, metemos a mochila às costas, pegamos no Simão, e vamos por aí… ver com outros olhos, conhecer o mundo, conhecendo-nos cada vez mais a nós próprios. Adoramos grandes aventuras por lugares longínquos, mas também gostamos de pegar no carro e andar por aí, sem destino. E porque a viagem não acaba nunca, como dizia Saramago, depois da viagem passamos tudo para aqui: textos, fotos, vivência, enfim… a nossa viagem! Um pouco de tudo num blog que é da Guarda para o mundo! Tudo sobre nós >>>

3 COMENTÁRIOS

    • Também andaste por lá? que tal estao a correr as coisas pela Índia? Imagino que bem… vai dando notícias! Bjs e bom trabalho!

  1. Gostaria que alguem me informasse quantos mercados flutuantes existem. Estarei indo para la no proximo mes e encontrei 4 mercados flutuantes diferentes ??????

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

os meus trilhos
Somos uma família apaixonada… apaixonada pelo mundo e pelas viagens, sejam elas curtas ou longas. Mas a maior das viagem começou há pouco, quando à equipa se juntou o pequeno Simão. Durante uma parte do ano vestimos as capas de dois burocratas do funcionalismo público, na outra, metemos a mochila às costas, pegamos no Simão, e vamos por aí… ver com outros olhos, conhecer o mundo, conhecendo-nos cada vez mais a nós próprios. Adoramos grandes aventuras por lugares longínquos, mas também gostamos de pegar no carro e andar por aí, sem destino. E porque a viagem não acaba nunca, como dizia Saramago, depois da viagem passamos tudo para aqui: textos, fotos, vivência, enfim… a nossa viagem! Um pouco de tudo num blog que é da Guarda para o mundo! Tudo sobre nós >>>

Must Read