InícioAldeias HistóricasPerde-te na história de Marialva

Perde-te na história de Marialva

Aldeias HistóricasPerde-te na história de Marialva

|

|

|

São poucos os lugares do mundo por onde já passei onde não gostaria de voltar. Hoje vamos até Marialva… e há sempre tão bons motivos para lá regressar.

Uns amigos escolheram a capela da vila para celebrarem o seu casamento, e nada melhor que aproveitar para revisitar este espaço.

marialva-5

A imponência de marialva assalta o caminhante mesmo antes deste a avistar. A grandeza das suas muralhas e torres, sorrateiramente, penetrando o olhar chegam ao coração até do mais desatento e indiferente.

Subindo as ruas que ladeiam a massificação rochosa, os tempos vêm e vão num frenesim indescritível. Tão bem estamos em pleno Sec. XXI, como derrepente, sinais desses tempos longínquos nos assaltam a imaginação, ganhando tal força que a realidade e a imaginação facilmente se confundem.

São cavalos transportando o cavaleiro ao serviço d’El Rei, são vendedores vindos dos mais remotos cantos das terras beirãs, são bruxas e encantadores, adivinhos dum destino qualquer, são, enfim, perpetuadores de uma memória lusitana desse povo Civitas Aravorum.

Que pena esses cavalos e habitantes inóspitos só já existirem na memória, pois a realidade é bem diferente. Em vez de cavalos temos alguns carros que se amontoam à entrada do castelo, as bancas dos vendedores deram lugar a um simples posto de turismo e de bruxas e encantadores, nem sinal, apenas uns quantos turistas munidos de guias e mapas apreciam as ruínas daquela que foi uma das mais imponentes e importantes vilas do vale do Côa…

Mas Marialva tem encantos que farão o viajante voltar porque os caminhos que nos levam um dia trazer-nos-ão no outro.

marialva-14

Saramago, referiu-se desta forma a Marialva: “…é este conjunto de edificações em ruína, o elo misterioso que as liga à memória presente dos que viveram aqui, que subitamente comove o viajante, lhe aperta a garganta e faz subir lágrimas aos olhos” In Viagem a Portugal.

Como Chegar a Marialva

Marialva é “a jóia da coroa” da cidade da Meda, a cerca de 400 km de Lisboa e 180 do Porto.

Instruções no Google Maps para quem vier do Porto, Lisboa, Viseu ou Guarda.

Onde dormir em Marialva

Há muitas opções de alojamento em Marialva e nos arredores. Temos muitas opções no site que mais utilizamos para tal, o Booking.

Mais informações sobre Marialva

Para mais informações: www.marialva.pt/

Muito mais sobre a história na página do Município da Meda.

Também na Wikipedia.

Agora, vamos lá às fotografias de Marialva.

os meus trilhos
os meus trilhoshttps://osmeustrilhos.pt
Somos uma família apaixonada… apaixonada pelo mundo e pelas viagens, sejam elas curtas ou longas. Mas a maior das viagem começou há pouco, quando à equipa se juntou o pequeno Simão. Durante uma parte do ano vestimos as capas de dois burocratas do funcionalismo público, na outra, metemos a mochila às costas, pegamos no Simão, e vamos por aí… ver com outros olhos, conhecer o mundo, conhecendo-nos cada vez mais a nós próprios. Adoramos grandes aventuras por lugares longínquos, mas também gostamos de pegar no carro e andar por aí, sem destino. E porque a viagem não acaba nunca, como dizia Saramago, depois da viagem passamos tudo para aqui: textos, fotos, vivência, enfim… a nossa viagem! Um pouco de tudo num blog que é da Guarda para o mundo! Tudo sobre nós >>>

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

os meus trilhos
Somos uma família apaixonada… apaixonada pelo mundo e pelas viagens, sejam elas curtas ou longas. Mas a maior das viagem começou há pouco, quando à equipa se juntou o pequeno Simão. Durante uma parte do ano vestimos as capas de dois burocratas do funcionalismo público, na outra, metemos a mochila às costas, pegamos no Simão, e vamos por aí… ver com outros olhos, conhecer o mundo, conhecendo-nos cada vez mais a nós próprios. Adoramos grandes aventuras por lugares longínquos, mas também gostamos de pegar no carro e andar por aí, sem destino. E porque a viagem não acaba nunca, como dizia Saramago, depois da viagem passamos tudo para aqui: textos, fotos, vivência, enfim… a nossa viagem! Um pouco de tudo num blog que é da Guarda para o mundo! Tudo sobre nós >>>

Must Read