InícioEuropaItáliaUma visita à Cidade do Vaticano - Città del Vaticano

Uma visita à Cidade do Vaticano – Città del Vaticano

EuropaItáliaUma visita à Cidade do Vaticano - Città del Vaticano

|

|

|

Praça de São Pedro, Cidade do Vaticano

Conforme subia as escadas que ligavam a estação de metro de Ottaviano San Pietro à superfície, sentia o ar quente que tomava o sentido contrário. A luz intensa faz com que os olhos se acomodem lentamente. Ao mesmo tempo que me habituo à luz, reparo nas pessoas que seguem num só sentido. Uma placa amarelada indica: Musei Vaticani.

Comprei o bilhete pela Internet, evitando assim as filas intermináveis para entrar num dos mais importantes museus do mundo. Passo sorrateiramente pelas pessoas que esperam com ar impaciente sob um sol abrasador e ignoro a quantidade de guias que oferecem os seus serviços.

Controlo de segurança. Sigo em frente. Um dos elementos da segurança separa-me da minha mochila. Detesto quando tenho de a deixar para trás. Recolho o audioguia, pelo qual se paga 7€, e dou um passo em frente. Estou da Cidade do Vaticano

O Vaticano é a sede da Igreja Católica e existe como Cidade Estado desde 1929, com o tratado de Latrão. Com cerca de 800 habitantes é o menor Estado do Mundo.

É deveras estranho, um Estado só de Padres… tão pequeno, mas com um poder enorme.

Escada Helicoidal, desenhada pelo italiano Giuseppe Momo, dá acesso aos Museus do Vaticano

O museu dispensa qualquer tipo de apresentação. As cerca de 5 horas que passo no seu interior parecem voar.

Dedico uma parte substancial do tempo a admirara as fabulosas “Stanze di Raffello, a sua Escola de Atenas que eu tantas vezes vi estampada no livro de filosofia.

A escola de Atenas, na "stanza della segnatura" de Rafael
A escola de Atenas, na “stanza della segnatura” de Rafael

Por fim chega a Capela Sistina. Aqui se elegeram e elegem os Papa. Os cardeais permanecem fechados à chave na capela Sistina até que “haja papa”, no muito famoso Conclave.

A Capela Sistina é uma obra magnífica, onde as centenas de pessoas que se acomodam, a toda a hora, no seu interior, não permitem que seja admirada em todo o esplendor.

Custa a crer que esta tenha sido obra de homens, há 5 séc.  As máquinas fotografias disparam continuamente, mesmo contrariando as ordens explícitas, e os pescoços erguiam-se esguios na direcção do céu, na direcção da Criação do Mundo, com esse sopro divino.

A criação do Mundo, pormenor dos tectos da Capela Sistina - Vaticano
A criação do Mundo, pormenor dos tectos da Capela Sistina

O início da tarde estava quente e depois de umas horas no interior do museu, o corpo demorou a adaptar-se.

Atravesso a Praça de S. Pedro à procura duma sombra e reparo na fila que se gera para entrar na Basílica, uma espécie de “meca” para os Católicos.

A praça oval é ladeada por centenas de colunas, magistralmente pensadas por Bernini. A disposição das mesmas e a geometrias dos motivos no chão fazem com que pareçamos protegidos por todos os lados, de frente para a grandiosidade da Catedral.

Vista da Cúpula da Basílica de São Pedro, na cidade do Vaticano
Vista da Cúpula da Basílica de São Pedro

A Basílica de São Pedro está edificada sobre a antiga basílica de Constantino, que por sua vez, segundo a tradição, foi erigida no local onde supostamente S. Pedro terá sido cruxificado. De pernas para o ar, por não ser digno de morrer da mesma foram que o seu Senhor, Jesus.

Aqui, uma das colinas de Roma, a Colina do Vaticano, recebeu outrora um dos maiores “circus” da história do império romano, o circo de Nero, onde muitos cristãos foram executados (não havia execuções de cristãos no Coliseu). Dentre os mártires mais famosos, o mais ilustre foi São Pedro, crucificado de cabeça para baixo no seu muro central por volta de 64-67 d.C.

Apetece-me subir à cúpula da basílica, mas lembro-me que hoje é o último dia do Roma Pass… desisto da basílica, fica para amanhã.

Castelo de Santo Ângelo, bastante conhecido depois do filme Anjos e Demónios, baseado no livro de Dan Brown.
Castelo de Santo Ângelo, bastante conhecido depois do filme Anjos e Demónios, baseado no livro de Dan Brown.

Slideshow: Museus do Vaticano, Praça de São Pedro e Basílica

[slideshow]
os meus trilhos
os meus trilhoshttps://osmeustrilhos.pt
Somos uma família apaixonada… apaixonada pelo mundo e pelas viagens, sejam elas curtas ou longas. Mas a maior das viagem começou há pouco, quando à equipa se juntou o pequeno Simão. Durante uma parte do ano vestimos as capas de dois burocratas do funcionalismo público, na outra, metemos a mochila às costas, pegamos no Simão, e vamos por aí… ver com outros olhos, conhecer o mundo, conhecendo-nos cada vez mais a nós próprios. Adoramos grandes aventuras por lugares longínquos, mas também gostamos de pegar no carro e andar por aí, sem destino. E porque a viagem não acaba nunca, como dizia Saramago, depois da viagem passamos tudo para aqui: textos, fotos, vivência, enfim… a nossa viagem! Um pouco de tudo num blog que é da Guarda para o mundo! Tudo sobre nós >>>
Artigo anterior
Próximo artigo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

os meus trilhos
Somos uma família apaixonada… apaixonada pelo mundo e pelas viagens, sejam elas curtas ou longas. Mas a maior das viagem começou há pouco, quando à equipa se juntou o pequeno Simão. Durante uma parte do ano vestimos as capas de dois burocratas do funcionalismo público, na outra, metemos a mochila às costas, pegamos no Simão, e vamos por aí… ver com outros olhos, conhecer o mundo, conhecendo-nos cada vez mais a nós próprios. Adoramos grandes aventuras por lugares longínquos, mas também gostamos de pegar no carro e andar por aí, sem destino. E porque a viagem não acaba nunca, como dizia Saramago, depois da viagem passamos tudo para aqui: textos, fotos, vivência, enfim… a nossa viagem! Um pouco de tudo num blog que é da Guarda para o mundo! Tudo sobre nós >>>

Must Read